Pesquisar este blog

Carregando...

MORTE ESPIRITUAL


mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dessa não comerás; porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás”
Gn 2: 17

Esse versículo revela a ordenança de Deus que não deveria ser descumprida, tendo como penalização a própria vida. A Morte citada aqui, não é a morte física, mas a Morte Espiritual. Quando Adão comeu do fruto, não morreu fisicamente, mas foi quebrado um elo de comunhão com Deus, o qual, só foi religado através da Morte Física do Cordeiro Perfeito, Cristo, que fez o sacrifício vicário, ou seja, morreu em nosso lugar, foi uma morte substitutiva para que se cumprisse a Justiça de Deus que dizia: “A alma que pecar, essa morrerá”.
O Trecho abaixo mostra bem claro o que é Morte Espiritual, e o que foi comentado acima:
Rm 5:12 Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram.
16 Também não é assim o dom como a ofensa, que veio por um só que pecou; porque o juízo veio, na verdade, de uma só ofensa para condenação, mas o dom gratuito veio de muitas ofensas para justificação.
17 Porque, se pela ofensa de um só, a morte veio a reinar por esse, muito mais os que recebem a abundância da graça, e do dom da justiça, reinarão em vida por um só, Jesus Cristo.
18 Portanto, assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenação, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificação e vida.

Outro versículo interessante:
Ef 2: 1 Ele vos vivificou, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados;

GRAÇA DE DEUS


Mas se é pela graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça”
Em Rm 11: 6

Esse versículo nos deixa bem claro o que é Graça de Deus. A salvação é um presente de Deus; um presente que nos foi dado imerecidamente e nada temos que fazer além de crer em Cristo e seguir seus passos. Pelas obras é impossível se achegar a Deus, pois o homem não consegue cumprir a Lei inteiramente. Hoje ela é só uma direção para a santificação. A Graça se estendeu a toda a humanidade; a todo aquele que crê no Filho de Deus, enviado: “Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa; porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça de um só homem, Jesus Cristo, abundou para com muitos”. Rm 5: 15


FÉ PARA SALVAÇÃO


Verificamos como esses termos estão relacionados um com os outros. Em Ef 2: 8-9 – “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus não vem das obras, para que ninguém se glorie” – fica bem claro essa relação.
A fé em Cristo Jesus é que nos justifica, é que nos dá a salvação:
sabendo, contudo, que o homem não é justificado por obras da lei, mas sim, pela fé em Cristo Jesus, temos também crido em Cristo Jesus, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não por obras da lei; pois por obras da lei nenhuma carne será justificada
Gl 2: 16.
que pelo poder de Deus sois guardados, mediante a fé, para a salvação que está preparada para se revelar no último tempo”.
1 Pe 1: 5


ARREPENDIMENTO


O Arrependimento não é um sentimento de remorso por causa do pecado, mas é um sentimento de necessidade de conversão, de mudança de atitude.
Porque a tristeza segundo Deus opera arrependimento para a salvação, o qual não traz pesar; mas a tristeza do mundo opera a morte”

II Co 7: 10

O Arrependimento é um requisito importante para se alcançar a Salvação. É necessário crer em Cristo. Andar como Ele andou, reconhecendo nossa condição de pecadores e nos arrepender de nossos pecados:
"Não, eu vos digo; antes, se não vos arrependerdes, todos de igual modo perecereis”
Lc 13: 3




NASCER DE NOVO, OU SEJA, NASCER DO ESPÍRITO

Tem uma passagem que diz assim:
"Jesus respondeu: Em verdade, em verdade te digo que se alguém não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus".

Jo 3:5


Por que? A prova de que uma pessoal realmente se arrependeu, é vista em seus atos modificados, ou seja, os sues frutos serão visivelmente transformados. Assim, tem-se um novo nascimento, o nascimento do Espírito:
"O vento sopra onde quer, e ouves a sua voz; mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito". Jo 3; 8
Aquele que faz a vontade de Deus, que não satisfaz a vontade de sua própria carne, mas que está disposto a renunciar seu próprio “eu” e seguir os passos que Jesus seguiu. Esse é aquele que é nascido do Espírito, não esquecendo, é claro que Jesus disse:
Disse-lhes Jesus: A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou, e completar a sua obra”
Jo 4:34




CONFESSAR (Rm 10:8 e 10)

Para receber Jesus em nossas vidas é necessário confessar com nossa boca: Jo 2: 23 - "Qualquer que nega o Filho, também não tem o Pai; aquele que confessa o Filho, tem também o Pai
1 Jo 4:15 "Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus".
Para confessar é necessário fazer uma oração de entrega na frente de homens. Pois assim Jesus o confessará diante de Deus: "Portanto, todo aquele que me confessar diante dos homens, também eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus". Mt 1:32




PORQUE TODO HOMEM É PECADOR?

Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porquanto todos pecaram
Rm 5: 12
Esse versículo deixa claro claro que o pecado de Adão se estendeu a todo o mundo, portanto, todos são pecadores. Essa informação é confirmada em
Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus”. Rm 3: 23
Nós só podemos ser justificados através de Cristo.









Nenhum comentário:

Postar um comentário